Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos picantes » CONTO ERÓTICO – UMA ‘FODA’ DELICIOSA E GOSTOSA

CONTO ERÓTICO – UMA ‘FODA’ DELICIOSA E GOSTOSA

Publicado em junho 19, 2022 por CARLOS A. LYRA

CONTO ERÓTICO – UMA ‘FODA’ DELICIOSA E GOSTOSA. – – –

– – . . . – – Estou recém separada, e resolvi abri uma conta no Facebook, tenho somente 22 anos, magra, cabelos negros, 50kg 1,65 de altura, não sou tipo “mulherão” mais gosto muito de sexo, de uma deliciosa trepada, de uma ‘foda’ eletrizante e sei que sou boa de cama, afinal nunca ninguém reclamou só pediram bis!
– – . . . – – Mas continuando, abri a conta no face, comecei e adicionei velhos amigos e desconhecidos, um desses caras me piscou, nós ficamos conversando, um pouco sobre mim, sobre ele, então ele pediu meu número, como hoje em dia tudo acontece no WhastsApp logico que passei meu número para ele.
– – . . . – – Ele é 15 anos mais velho, mais não parece, solteiro, mora na cidade vizinha, filho único…
Ele me chamou pra sai, um barzinho, algo do tipo, eu meio que não saí de cara, mais ele me convenceu, então marcamos.
– – . . . – – No dia do encontro eu que estava sem transar e estava cheia de más intenções, então vesti um vestidinho acima dos joelhos, coloquei uma linda Lingerie, e esperei ele chegar, ele me ligou para confirmar o endereço e fiquei molhada só de ouvi a voz, então tirei a calcinha e decidida a fazer sexo com um estranho, ele parou o carro, eu entrei, ele me cumprimentou logo com beijo na boca, e elogiou o vestido disse gostava assim.
– – . . . – – Então seguimos ele perguntou para onde íamos, e logo eu respondi que pra mim tanto fazia, ele perguntou vamos comer, respondi que só se ele quiser a sobremesa primeiro, nesse momento levantei um pouco o vestido e então ele percebeu que eu estava sem calcinha, foi logo colocando os dedos na minha bucetinha, que já estava molhadinha apenas por esta ali com ele, perguntou porque eu estava assim toda molhada, tesão, muito tesão.
– – . . . – – Então coloquei minha mão no seu pênis sobre a calça, e pude senti o pau dele duro, abri o zíper e ele me deu espaço para abri o botão da calca, ele dirigindo ainda entre as ruas da cidade, e eu fui masturbando e mamando e pincelando a minha boca naquele pau gostoso, era grosso, com a cabeça rosada, não muito cumprido e eu já estava louca pra sentar em cima dele.
– – . . . – – Quando ele parou o carro em uma rua deserta, e tirou meu vestido, enquanto me masturbava e mamava nos meus peitos, ali mesmo no meio da rua, dentro do carro, no banco do carona, eu gemia enquanto ele brincava com a minha bucetinha, e falava isso que você queria sua safadinha putinha, goza para mim, e não se faz de difícil para mim e goza logo nos meus dedos.
– – . . . – – Ele segurava meu pescoço com uma das mãos, a boca nos meus peitos, com a outra mão ele me masturbava, passava os dedos em volta do meu cuzinho e pergunta se ele ia foder aquele cuzinho também, eu estava com tanto tesão que comecei a implorar para ele meter o pau no meu cuzinho de uma vez só em mim, a cabeça do seu pau, já estava toda molhada, mais ele se negou, me colocou para chupar e ajoelhei no carpete e ele sentou no banco e eu me lambuzei toda com aquele pau, ele gemia e me chamava de cachorra, vadia cadela, égua no cio e mamava, lambia , masturbava, aquele pau ficava mais duro, enquanto masturbava ele.
– – . . . – – Chupava as bolas, passava a língua na cabecinha, e então finalmente ele me mandou eu ficar de 4 e socou o seu pau na minha buceta, que estava lisinha, molhadinha, cheia de tesão.
– – . . . – – Segurou no meu quadril e socava, me pegou pelos cabelos e socava mais tirava e socava de novo, me virei de frente e ele logo forçou minha cabeça para baixo em direção ao pau, segurando pelo pescoço ele me fez engolir todo cacete dele, não uma, mais várias vezes, e forçava o pau até minha garganta.
– – . . . – – Mandava deixar o pau dele entrar, e então novamente me pôs de 4 e fodia com a minha buceta de uma maneira tão gostosa, eu rebolava ele gemia e urrava de desejo, então ele começou a colocar os dedos no meu cuzinho, eu pensei não, aqui não.
– – . . . – – Mais não deu muito tempo de falar, em quando eu pensava, ou melhor tentava pensa, ele mandou eu relaxar, que agora vinha a melhor parte, socou o pau de uma vez no meu rabo.
– – . . . – – Gemi alto dentro do carro, ele mandou eu calar a boca, então colocou uma das mãos sobre minha boca, e socava com força e sem dó no meu cuzinho e tentava me afastar mais ele me segurava, e dizia estava me dando o que eu queria, ser toda fodida, e socava, eu gemia entre os dentes, me colocou de frente e levantou minhas pernas e continuou socando no meu cuzinho, com os dedos na minha buceta, ele me masturbava e quando percebeu que tinha gozado novamente ele tirou o pau e socou na minha buceta com força muita força, e gozou dentro dela, seu corpo caiu sobre o meu, e ele mordeu minha orelha, colocou dois dedos no meu cuzinho e sussurrou, a próxima vou gozar aqui!
– – . . . – – Enfiando os dedo dentro.
– – . . . – – A gente se vestiu, ficamos conversando, depois ele me deixou em casa e logo marcamos de nos vermos novamente, afinal não temos nada sério, mas gostamos do sexo selvagem que rola entre a gente…

Continua depois da publicidade
 

3715 views

Contos relacionados

Fantasias Eróticas

Já dentro do quarto do motel mandei ela tira roupa de vagar enquanto eu olhava  ela se - despir e quando ela estava com preta mente nua mandei que  ela virasse de costas e se ajoelhasse , ela...

LER CONTO

Uma viagem inesquecível

Essa história começa numa reunião de amigos que sempre se encontravam num determinado dia da semana. Geralmente eram casais, mas nesse dia também tinha uns amigos descompromissados. Era uma...

LER CONTO

Teresa – Uma Madrasta Fogosa e Gostosa – 1ª Parte

.... TEMA – AS CONFISSÕES DE UMA MADRASTA ATREVIDA... J. R. K. /// By C. Y. L. Uma Madrasta Linda Ilustre Fogosa e Gostosa. - - - 1ª Parte. - - - . . . - Estes personagens trouxeram a mim...

LER CONTO

MEU GENRO ME COMEU GOSTOSO E DELICIOSO

MEU DELICIOSO GENRO ME COMEU GOSTOSO EM UMA SUITE DE MOTEL. ... Personagens desta História. - - - Sou Maria Antonia, tenho 54 anos completos. ... Meu genro, Paulo André, nome lindo para um negro...

LER CONTO

Garoto de Sorte

Esta manhã parecia ser normal igual a outros dia no pequeno sitio de minha família  no interior  eu levantando cedo para cumprir com minhas obrigações tratar das criação tirar leite alimentar...

LER CONTO

A afilhada gostosa da minha esposa

Meu nome é Fernando. Tenho 35 anos, sou moreno, tenho 1,75m e corpo atlético. Sou casado há dois anos com a Leandra, uma morena linda, de 37 anos e corpo bastante sensual. Antes de conhecê-la já...

LER CONTO

Novinha corintiana dando pro são paulino

Era um domingo de jogo, o São Paulo jogava contra o Corinthians. Eu estava com Larissa, minha namorada de 19 anos, na casa dela, no dia do jogo; antes do apito final, ela me disse assim: -No...

LER CONTO

UMA BEBIDA GOSTOSA E CREMOSA

TEMA DESTE EPISÓDIO --- UMA BEBIDA GOSTOSA E CREMOSA. ... Somos oriundos de Manaus, Amazonas e somos uma família de pessoas de bom relacionamento na cidade. Estávamos atravessando uma...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 1 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2022 - Contos adultos