Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de fetiche » Comendo um cuzinho de um marido safado

Comendo um cuzinho de um marido safado

Publicado em maio 12, 2020 por lucima f. silva

Meu nome é LU,este é o terceiro conto de um livro que escrevi em 2009,e o relancei recentemente,ele contém uns quarenta contos,e tenho o segundo livro que lancei recentemente com muitos outros contos.Mas eu quando pequena estava morando com uma tia muito megera,e ela acabou me fazendo casar com um cara bem mais velho que eu,José Carlos era o cara que eu havia me casado,ele era um safadão e adorava uma ninfeta,eu na época era sua nova aquisição.Ele conseguiu que minha tia megera me liberasse para casar com ele,e como ela era doida para se livrar de mim mesmo,me chamava de pestinha,eu nesse período deveria estar com uns quatorze anos.E para nos casarem,foram até Santa Barbara(Minas), elá conseguiram minha certidão,o lugar onde eu nasci, SÃO BENTO de Minas,pertencia a este lugar.José Carlos era mais velho,tinha uma maior experiência de vida e tinha filhos de outro casamento que não dera certo.Ele adorava uma boa farra,sempre me deixava em casa e ia para suas farras,sempre junto com um grande amigo dele,Luiz. Gostava também de uma pescaria,mas suas pescarias eram de fachada,ele sempre retornava para casa sem peixe algum,quando dizia que ia caçar rãs ele chamava seu amigo Luiz e ia caçar, e retornava sempre com suas roupas limpas e dizia que tinha deixado as rãs para seu amigo e compadre Luiz. Eu ainda era muito nova e boba,sem experiência de vida,mas a medida que fui ganhando experiência,fui ficando mais esperta e pensando num modo de me vingar.Ele era um tremendo de um safado,ao lado da nossa casa, havia uma vizinha safada, a Verinha que sempre tinha algum defeito na sua casa para ser consertado,e vivia sempre pedindo ao safado do meu marido para que fosse lá para consertar.Ela era uma coroa balzaquiana muito bonita,tinha um grande corpão,uma grande bunda.Ela costumava ficar na varanda da sua casa fazendo a limpeza da mesma, vestindo apenas uma camiseta e sem calcinha,costumava ficar com sua enorme bunda virada sempre que possível para o lado de fora da varanda,fazendo com que, quem passasse lá fora na calçada e olhasse para dentro, visse até sua boceta cabeluda.O safado do meu marido várias vezes,inventava que tinha alguma coisa quebrada em cima do nosso telhado,ou que a antena estava com defeito, para subir lá em cima e ficar olhando a safada que estava desfilando em seu quintal praticamente nua,ou totalmente.Chegou uma hora que eu acabei acordando para a vida, desconfiei dessas armações dela e dele,e um belo dia (não sei quem fui…)ligaram para o marido chifrudo dela,o Jair que estava trabalhando na mercearia deles,ele acabou vindo e  chegando em casa, quase flagrou os dois safados.Mas se pensam que essa safadeza dos dois acabou aí,ledo engano,o safado do meu marido passou a espiar a Verinha, através do basculante do meu banheiro, e depois ele vinha todo serelepe para o meu lado com seu pau duro, querendo transar comigo,eu até achava estranho que toda vez que ele ia ao banheiro, ele vinha todo assanhado para o meu lado,E como eu estava de olho nele, um dia acabei descobrindo o motivo de tanta animação da parte dele, eu fui olhar pelo basculante e vi que a safada da Verinha ficava lavando a roupa na máquina de lavar usando apenas somente uma calcinha e um sutiã,ou ficava molhando suas plantas do mesmo jeito,eu peguei então uma tinta de cor escura e pintei o basculante,acabando com a farra dele,ele ao chegar do serviço e ver o que eu tinha feito, só perguntou porque eu tinha pintado,vi que sua cara era de raiva,eu disse que assim ficava melhor,ele não disse nada,pois poderia se condenar…Um dia ele chegou em casa dizendo para mim que estava com uma assadura no meio das suas pernas,e me dando uma pomada, pediu que eu passasse ela nele,ele tirou sua roupa e se deitou na cama e foi aí que eu descobri algo inédito na minha vida,depois de algum tempo de casada, ao esbarrar com meu dedo no seu cu,senti que ele teve um leve tremor, e senti seu cu dar uma piscada. Ele então se virou de bruços e continuei passando a pomada no meio das pernas dele,que foram se abrindo aos poucos, e procurei passar um pouquinho no cu dele.Vi que seu pau ficou duro e seu cu piscava,eu safadamente me animei e ousei um pouco mais,passava de leve meu dedo no cu dele,que não resistiu, e acabou se entregando todo, dando um gemido e demonstrando que embora não admitisse,ele adorava um dedo no cu ou outra coisa maior,nessa hora passei até a desconfiar das caçadas dele junto com seu compadre…

Aaaaahhhhhh….ssssssshhhhhhh……uhhhhhhh…..aaaahhhhhhh…..

Continua depois da publicidade

E aí ele sempre inventava que estava com alguma assadura,ou que estava com seu cu ardendo,e lá ia eu passar a tal pomadinha. E neste meio tempo eu fui ficando mais ousada,e discretamente ia enfiando meu dedo mais fundo nele e outro em mim me deixando louca de tesão,eu gozava e via ele gemendo com meu dedo,e sentia seu cu piscando e sua pica esporrando sujando o lençol todo.

Sssssssshhhhhhh…..aaaaaaahhhhhhh…..uuuuuuuhhhhhhhh….sssssshhhhhh…..

Um belo dia ele me apareceu com um consolo dizendo que agora a gente ia fazer um (pato com batata),eu não entendi nada,aí ele me explicou o que era isso, e o que eu iria fazer com aquele consolo,ele se deitou na posição de frango assado e me mandou colocar o consolo na cintura e ir metendo no cu dele.Eu confesso que fiquei um pouco surpresa,pois ele no dia a dia era um grande machão,metido a garanhão,e agora aquele machão estava ali a minha mercê,me oferecendo seu cu para eu comer…

Continua depois da publicidade

Eu então não bobeei,fui metendo tudo dentro naquele cu,pois eu agora queria me vingar das safadezas que ele me fez passar,e ao mesmo tempo sentia um enorme tesão pelo inusitado da situação,eu nunca tinha imaginado tal situação.Ele gemia e bufava,seu pau estava super duro,eu estava sentindo minha boceta melada,empurrava tudo no cu dele,até que ele estremeceu e vi seu pau esporrando como um vulcão,ele gritava como um louco…

Aaaaaaahhhh….uuuuhhhhhh…sssssshhhhhhh….aaaaaaiiiiiii……deeeeliiiiiciiiiiaaa….aaaaahhhh…

Eeeeeuuuuuuu…..taaaaambéééémmmm….toooooo…..gooooozaaaannnndooooooo…..ssssshhhhh….

E desde então quando ele sentia vontade de tomar no cu,ele me falava que era para que eu preparasse um (pato com batata) essa era a nossa senha,se caso alguém estranho ouvisse,acharia que era um prato de comida que estávamos falando,mas na verdade a comida era ele. E lógico que depois fazíamos essa safadeza em várias posições,e até fazer ele usar um babydol eu fiz, e também fiz ele colocar vários tipos de calcinha e o comia gostosamente chamando ele de minha putinha e minha piranha,ele adorava e gozava muito…Mas depois de alguns anos nos separamos. bjsss… LU  ([email protected])

6549 views

Contos relacionados

Minha vizinha me levou a ser rapariga do asfalto

Eu tenho 40 anos mas ainda sou bem conservada e minha vizinha tem 38 e muito bonita... Ela me chamou para irmos fazer ponto em uma avenida que os garotos e garotas de programa costumam ganhar dinheiro...

LER CONTO

A BUNDA E O CU DE SELMA DO RECIFE. ELA TOPA TUDO.

Hoje vou falar de ânus. Melhor, falar de bundas de mulheres gostosas e casadas. Melhor ainda, falar dessa bunda que abro nessas fotos e filmes, mostrando seu maravilhoso e desejado ânus. Pois é,...

LER CONTO

Minha prima safada

Vou contar pra vocês sobre o dia em que transei com a minha prima gostosa! Ela se chama Karol, tem cerca de 1,65 de altura e um corpo esculpido por Deus, uma cintura fininha, uma bunda enorme...

LER CONTO

Come uma gordinha que conhece no Bar

Fala galerinha! bl? Vamos para mais um Conto Adulto. Era uma noite de sábado e eu fui tomar uma cerveja em um barzinho perto de casa. Entre uma cerveja e outra avistei uma gordinha gostosa pra...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • cd ddd15 12/09/2020 22:24

    Quero ejacular dentro da calcinha sentindo meu cu se alargando no vaivém. Procuro mulher fogosa para inversão comigo. Estou no interior de sp código ddd15 Me envie e mail informando sobre você- qual cidade mora, como é fisicamente e o que deseja comigo.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 1 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos