Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos de corno » Churrasco da empresa

Churrasco da empresa

Publicado em janeiro 16, 2021 por Cyntya
  • Ola amores. Sou a Cintia. Uma esposa gordinha de 48 anos 1.68 de altura, 98kg, com peitos grandes e naturais, coxas grossas e um bundao que todos adoram.Trabalho em uma empresa de despachante de caminhões onde tenho varios amantes. E como havia relatado o chefe da minha empresa me prometeu um bom aumento de salario com uma condiçao. Eles fariam um churrasco da empresa e eu seria o prato principal pois ele tinha uma tara de participar de uma putaria dessas mas jamais conseguiria fazer com a esposa dele. Porem sabia q eu faria de boa pq ja transei com diversos colegas de trabalho e todos sabem como sou puta.
    • O churrasco foi marcado para um sábado na chacara de um dos chefes e eu iria de carona com um colega da minha sala que é meu amante. Ele e meu marido ja transaram comigo juntos varias vezes. Bom, chegou o dia ele veio me pegar e fomos para a chacara. Chegando la fui recebida pelo meu chefe que ja me deu um beijo na boca na frente de todo mundo. Estou tao acostumada q nem fiquei com vergonha. Olhei pro pessoal e vi que tinha bastante gente. Dei oi pra eles que vieram me cumprimentando ja metendo a mao na minha bunda e na buceta. Começamos a beber cerveja. Muita musica e eu dançava com varios. Me beijavam. Eu ja estava ficando louquinha. Ate q meu chefe me chamou pra dentro e disse como seria. Seria dentro de casa pra que ninguem ficasse encomodado com os olhares dos outros e nao funcionasse na hora H. Concordei e fui para um quarto me preparar. Quando deitei na cama entrou no quarto um rapaz alto e gordinho do operacional da empresa q sempre me chamava de senhora. Eu disse oi pra ele mas ele veio como um animal pra cima de mim ja caindo de boca nos meus peitos e puxando minha calcinha pro lado. De imediato senti seu pau melado na minha buceta quando meteu de uma vez.

      Aquele rapaz tao respeitador agora me fodia como um bicho sem dar uma palavra. Me olhava nos olhos enquanto fodia. Em pouco tempo pude sentir seu esperma jorrando dentro de mim. Dai me olhou e disse: “sempre quis trepar com a senhora”. Tirou o pau e quando foi sair eu disse q ele sempre poderia. Tirei a foto com o pau dele na boca pra mostrar pro meu marido. Ele sorriu e saiu.

      Quase de imediato entrou outro colega. Dessa vez do escritorio. Do mesmo jeito veio pra cima e trepou na minha boceta e depois da foto saiu. Depois de varios terem ja me fodido e alguns eu filmei a transa entrou o sr carlos. Um senhor do operacional de 68anos baixinho, um senhor humilde mto respeitador. Entrou meio sem jeito falando cmg q tava todo mundo entrando e ele entrou tmbm mas q nao sabia se podia. Eu deitada na cama perguntei o que ele queria. Ele disse que nao sabia se podia. Eu perguntei se ele queria que eu chupasse ele. Me olhou e com uma voz tremula disse que queria. Disse pra chegar perto e tirar o pau pra fora. Estava meio mole mas comecei a chupar ate que foi ficando duro.

      Continua depois da publicidade

      Eu agachada de frente pra ele, a porra dos outros caindo da minha buceta fazendobuma poça no chão. Olhei pra ele e perguntei se queria meter. Fiquei de quatro pra ele que rapidamente meteu o pau na minha buceta suja de porra. Começou a bombar. Sentia seu pau ate o fundo e bater as bolas na minha buceta ate que senti litros de porra saindo daquele pau direto dentro da minha boceta. Quando tirou o pau escorreu muita porra que rapidamente recolhi com a mao olhei pra ele e pus a boca. Ele me olhou com uma ara de tarado  na hora senti seu tesao aumentar as alturas e entao ofereci eu cu pra ele. O pau estava duro  na hora le meteu o pau ambuzado o meu cu e fodeu. Nao deu 2 minutos pra sentir jatos e esperma o meu reto enquanto u saboreava a orra grossa da primeira gozada ele. Ele me agradeceu e saiu.

      Entrou outro rapaz o operacional q eu ao conhecia. Era novo. Um negro alto e forte. Na hora fiquei hipnotizada pois como relatei anteriormente eu sou louca  tarada por negros. Na hora que ele entrou senti aquela sensaçao  de que “agora vou gozar gostoso”. Veio pra cima de mim com o au duro. Um mastro negro cheio de veias  todo lustroso. Se encaixou no meio das minhas pernas e começou  a bombar. Olhos nos olhos começou a me beijar com aquela boca carnuda. Deve ter sentido o gosto da porra mas nao  se importou. Beijou com volupia enquanto seu quadril rebolava no meio das minhas pernas. Sentia seu corpo escultural sendo meu. Comecei  deseja-lo mais intensamente. Olhos nos olhos falou q adorava putinhas brancas  e gordinhas como eu. Me derreti com isso e pedi que me fizesse gozar. Começou a rebolar. Minhas maos no seu torax musculoso. Macho de verdade ate que começamos a gozar juntos. Sentia contraçoes no eu utero enquanto seu pau enorme jorrava porra dentro de mim. Gozamos juntos sem parar de nos beijar e olhar. Senti seu pau amolecer dentro  mim. Mas nao queria q ele saisse. Queria ir embora ali com ele. Ele disse q esperaria eu acabar e iria cmg mas q eu continuasse pq tinha mta gente esperando.

    • Ele saiu e outro entrou  transamos. Mas meu pensamento nao saia do negro lindo e gostoso q eu acabara de ser femea.
    • Todos que transei tirei foto  varios eu filmei me fodendo. Mas fiquei pensando no negro. Fiquei horas ali sendo possuida por todos meus colegas. Quando sai eu fui aplaudida por eles e fui dominada por varios deles na nte dos outros. Transaram cmg juntos novamente. Isso ja eram 16h e varios foram embora. Eu procurava o negro mas nao encontrava. Queria ele novamente. Quando fui ir embora para minha alegria la tava ele me sperando. Falei q achei  tivesse ido embora e me levou p casa.
    • Pedi q entrasse. Pra ficar cmg na minha cama. Concordou e quando entramos procurei meu marido e quando foi  me dar oi eu e virei e beijei meu negro na frente dele. Dei meu celular pra ele ver as fotos e os videos e disse. Nao me atrapalha pq vou pro nosso quarto ser mulher desse negro gostoso muito mais homem q  vc. E fomos pro quarto e transamos de porta aberta. Ouvia meu marido batendo punheta nos olhando ao lado da porta. Aquele negro tinha q ser meu. Sentia q tinha encontrado  o macho perfeito pois tive  a melhor relaçao sexual da minha vida. Com direito a litros de seu semen no meu utero. Depois disso minha vida mudou pois acabamos s apaixonando e precisavamos resolver isso. Mas conto como no proximo. Bjs

29501 views

Contos relacionados

MINHA ESPOSA LEVA O 1º PAU NEGRO

MINHA ESPOSA LEVA O 1º PAU NEGRO. Cor negra, alto, simpático até sorridente, mas ofegante. Totalmente pelado, tocava punheta num ritmo cadenciado onde a velocidade da mão se mantinha desde o...

LER CONTO

Convenci minha mulher a dar pra outro – parte 2

Oi, pessoal, hoje estou aqui para dar continuidade ao relato que fiz há algum tempo com o titulo “convenci minha mulher a dar para outro” e acho melhor que quem não leu o primeiro o leia para...

LER CONTO

GOSTO DE DAR A BUNDA NAS ESTRADAS.

Bom dia de Sábado a todos os amigos. Aqui é Sílvia Recife e quero responder a muitos amigos que perguntam como faço novas amizades, o que curto e muito mais. Então vamos lá. Nessas fotos e...

LER CONTO

Convenci minha mulher a dar pra outro – parte 4

Enviado por: Paulo Para melhor entendimento desta história, aconselho que leiam os três primeiros. Obrigado Na manhã seguinte, acordei cedo ouvindo umas leves batidas na porta do quarto....

LER CONTO

2 - Comentário(s)

  • Ítalo 19/01/2021 23:16

    Olá Cyntia, sempre fico excitado com suas histórias, onde posso ver seus vídeos transando?

  • Ítalo 19/01/2021 23:12

    Olá Cyntia, fico excitado com suas histórias, onde posso ver seus vídeos transando?

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 2 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2021 - Contos adultos