Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » CHRIS – UMA MENINA MULHER MARCANTE 3º CAPÍTULO – CAPÍTULO Nº 03

CHRIS – UMA MENINA MULHER MARCANTE 3º CAPÍTULO – CAPÍTULO Nº 03

Publicado em maio 23, 2022 por CARLOS A. LYRA

CHRIS – UMA MENINA MULHER MARCANTE
3º CAPÍTULO. – – – CAPÍTULO Nº 003
CONTINUAÇÃO. …

Capítulo Anterior: Os personagens, os relatos e o histórico real de uma vida vitoriosa. …
– – – Resumo do Capítulo anterior. – – – No capítulo anterior relatei a linda mulher que amo e desejo sempre. Neste Capítulo trago um relato da mulher eletrizante e sensual que é. …
31ª Parte – Uma mulher eletrizante e de uma gostosura pura. – – – A sua virgindade e o seu ‘cabacinho’ eu já tinha como meu ‘brinde’ e ‘troféu’. … Amo aquela gostosa ‘buceta’ dela e ela se entrega de corpo e alma. … Ela foi deflorada com muito amor e desejo. … A sua virgindade foi comemorada por ela com muito orgulho e satisfação. … A partir daí senti aquela linda menina / mulher nascendo para o amor com muito interesse, desejo e vontade. … Os estudos ela era uma aluna exemplar e aplicada. …
32ª Parte – Uma viagem gratificante e muito aconchegante. – – – Na semana seguinte tínhamos a viagem para Curitiba, para nossa primeira lua de mel e já estávamos programando tudo e no Colégio estava tudo bem encaminhado … Como não envolvia dia da semana, nem no Colégio dela e nem comigo no quartel, tudo facilitava … O começo do mês foi bem agitado tanto para ela e quanto para os pais, com aniversário e casamento e ela estava atribulada com as provas …

Continua depois da publicidade
 

33ª Parte – Uma linda mulher – Gostosa – Fogosa e Tesuda. – – – – … Fomos descansar, já que a Cris tinha prova na segunda… Fomos para o quarto e fui tirando o shortinho dela… Ela estava sem calcinha… Perguntei: ‘Amor’… Você está sem… Ela disse que sim, para melhor respiração dessa ‘bucetinha’ que vai ser sua sempre… Eu concordei… – … Fomos descansar, já que a Cris tinha prova na segunda… Fomos para o quarto e fui tirando o shortinho dela… Ela estava sem calcinha… Perguntei: ‘Amor’… Você está sem… Ela disse que sim, para melhor respiração dessa ‘bucetinha’ que vai ser sua sempre… Eu concordei… – … Ela estava completamente nua, e ela começou a tirar a minha bermuda e a cueca… Ela respirou e beijou o membro… Deitamos e ela direcionou a sua / minha ‘buceta’ em meu rosto…

34ª Parte – Uma gostosa chupada naquela carnuda bucetinha. – – – Eu comecei a chupá-la e ela virou-se e ela fez o mesmo comigo… Fizemos um ‘6.9’ delicioso. Ela gozou intensamente… A penetrei e ela chorou, disse: ‘Amor’ Doe muito… Tirei o membro da ‘bucetinha’ dela… Sangrava muito e ela preocupada… Mas era um sangramento sem problema, foi a penetração, por ela ser muito apertadinha e a bucetinha dela não tinha ainda aquela elasticidade … Fomos tomar banho e sentimos um verdadeiro tesão um pelo outro embaixo do chuveiro. … Ela estava toda ensaboada e fui fazendo todas as carícias naquela gostosa ‘bucetinha’ e logo era vibra de tesão e pede para enfiar a ‘piroca’ nela e fui penetrando com tanto tesão e vontade. …

Continua depois da publicidade
 

35ª Parte – Um sono reparador e aconchegante. – – – Terminamos o nosso banho e fomos para o nosso quarto … E a Chris, Carlos, Amor, vem… Deita aqui comigo e me abraça… Fomos descansar mais um pouco… Ela me pediu: põe entre as minhas coxas e vamos descansar mais um pouco… dormimos bastante e ela não retirava de jeito nenhum o membro entre as coxas… Era muito vigilante… Em qualquer posição que ela se encontrava… Acordamos as 19 horas… Os pais ficaram preocupados e nos acordaram… Levantamos e abrimos a porta… A mãe, filhos vamos acordar, já chega, vocês são jovens e terão a vida inteira para isso… Vão tomar banho… A Chris pegou as toalhas e fomos tomar banho… O pai disse: Meus filhos… Cuidado ok ao tomar banho, tá… Eu concordei… Fomos tomar banho… Ela estava sentada no vaso e me pediu… ‘Amor’ encoste aqui e eu fiz seu pedido… Ela encostou a boca e o colocou inteiro nela… Se engasgou… Mas retirou logo… Começamos o banho e ela pediu: ‘Amor’ põe na minha ‘bucetinha’… Esta toda ensaboada… A penetrei vagarosamente e ela sentiu todo membro dentro dela e me pediu Carlos não goze dentro de mim, tá. Eu disse Ok… Ela, Chris: Carlos, ‘Amor’, vou gozar, amor, amor, goza. Goooozzzza, Amor. … Eu disse: Amor, gozzzza, que estou gozzzaaando na sua bucetinha e despejei uma dose expressiva de leite na buceta dela. … Gozamos intensamente, umas três vezes, ela sentia aquele jato de creme fervente em sua ‘buceta’… Ela: Carlos, gozamos juntos Amor… Eu disse: Não resisti e desejava muito esse gozar dentro de você… Ela disse: ‘Adorei… Senti você. Foi maravilhoso… Terminamos o banho e a mãe dela disse: Vocês demoraram bastante no banho e o pai entendeu a mensagem …

36ª Parte – Uma ‘foda’ deliciosa. – – – Fomos para o nosso quarto e a Cris em seguida trancou o quarto e me perguntou: ‘Amor’… Você quer fazer ‘amor’ comigo… Eu te desejo muito… Você quer… Eu disse: Sim, Meu Bem… Você é tudo para mim… Te amo demais… Ela começou a sensualizar uma dança muito interessante e rebolava aquela bundinha e aos poucos ia tirando a sua roupa com muito desejo e tesão. … Fiquei em frente a ela e em seguida ela ajoelha e vai em direção a minha e dela ‘piroca’ e coloca na boca e começa a mastigar, sugar e mamar. … E transamos com muito gosto e desejo … Fomos descansar um pouco e ela com o membro muito tenro sempre entre as suas coxas… Eu estava sonolento, mas ela percebeu que o seu / meu membro estava duro e fui penetrando na sua / minha ‘bucetinha’, ela ficando de quatro, aí acordei com os movimentos dela… Fui penetrando nela lentamente e ela gemendo e delirando alto… Penetrou todo e disse: ‘Amor’ eu vou gozar’ e nesse meio tempo eu senti o orgasmo dela. Foi delirante e disse: Carlos, Amor, goza em mim… Eu disse: ‘Amor’ se prepara e ela disse: ‘Jorra tudo dentro de mim’… Quero todo o seu leite dentro… Quero o seu gozo em mim… Eu disse: ‘Amor se prepara… Vai ‘Amor’ estou gozando e eu disse: agora e jorramos tudo um no outro… Ela sentiu o jato quente e soltou um grito forte de felicidade… Alguns minutos a mãe dela bate na porta e pergunta se estava tudo bem… Nós dissemos que sim…

37ª parte – Uma menina / mulher muito inteligente / Observadora e perspicaz. – – – Ela é extremamente eletrizante. … De uma menina aprendiz na arte do amor a uma mulher interessante no desenvolvimento dessa arte de amar e de fazer ‘amor’. … Muito criativa, atuante, tesuda e de uma vitalidade incrível na forma e atuação no amor. … Atuante e tesuda como mulher … Sempre provocativa e isso era motivo de preocupação para mim, mesmo ela dando declarações de fidelidade, lealdade e amor-próprio, mas era intensa e superprodutiva …
– – – . . . – Em um curto espaço de tempo ela foi muito sábia em aprender tudo sobre sexo e suas nuances … Por ser uma menina / mulher muito inteligente e culta, ela aprendia com uma rapidez incrível a arte de fazer ‘amor’ e isso me preocupava … Conhecia a lealdade e a fidelidade dela … Não queria uma mulher submissa, mas independente, culta e honesta … Isso ela aprendeu em casa com os pais e assim espero como esposa …
– – – . . . – Ela é muito elétrica e superprodutiva … Sempre me desejava e eu correspondia aos seus desejos, caprichos e vontades sexuais. Eu ficava impressionado com seus atributos sexuais … A sua criatividade e vontades da libido … Fazia estímulos que ela adorava e assimilava com muito prazer …

38ª Parte – Uma Linda Mulher. Criativa e dinâmica. – – – . . . – Um desejo incrível de ser amada e possuída sexualmente … Ela é muito criativa e atrevida sexualmente e esse lado eu ainda não conhecia e como tudo foi muito rápido o nosso relacionamento percebia nela um desejo imenso por sexo … Ela veio virgem para mim. Senti aquela menina / mulher logo em minhas mãos, eu fui o primeiro a possuir aquela bucetinha … Boca e seios foram os primeiros atos nossos a serem realizados e possuídos … Percebi que ela desejava isso … Ser logo possuída … Ela sabia ser sexy e sensual … Em determinados momentos ela abria bem as pernas e eu a colocava em meus ombros, vislumbrava aquela buceta toda raspada e lisinha e dava uma gostosa chupada e logo eu a penetrava com muito tesão e vigor e ela delirava e pedia: … “Mete tudo dentro de mim, ‘Amor’…
– – – . . . – Eu direcionava e ela sempre facilitava em tudo, ele é uma parceira muito criativa e atraente e ajudava na penetração, muito desejosa que eu despejasse todo meu leite dentro dela … Ela vibrava intensamente ao gozar dentro dela de forma estridente e era provocativa na cama e no sexo no momento do gozo e orgasmo dela … Socava intensamente na ‘bucetinha’ dela toda lisinha e cuidadosamente raspada. Ela: Carlos vamos gozar juntos, eu disse: vamos ‘Amor’…

39ª Parte – Uma noite eletrizante e magnífica de muito amor, desejo e carinho. – – – . . . – Ela foi mais incisiva, quero gozar muito hoje e a noite toda… Quero que você esfole toda a minha ‘bucetinha’ que é sua também… Ela falava e fazia movimentos com a buceta e apertava muito… Por momentos travava para sentir o volume dentro dela… Aí ela disse: Carlos, Amor… Vou gozar, goza também e gozamos intensamente e forte. Perguntei a ela: AMOR, sentiu… Ela disse: Muito quente e fervente… Ela o deixou dentro dela… Brincando com ele. – – – Ela: Carlos, quero gozar mais, vamos… Eu disse: “Amor”, calma, vamos ter a noite toda para fazer amor, Meu Amor… Ela pacientemente falou: ‘Amor’ está tão gostoso… Aí concordei… Já passavam das 10 da noite e os pais estavam vendo tv no quarto deles… Ela: A casa está tranquila… Ela voltou para o quarto, estava nua… Me abraçou e disse: Deixa-me estimulá-lo… Deixei… E ela o colocou em sua boca e ele foi crescendo até sentir totalmente duro e pediu… ‘Amor” põe e se posicionou ficando de quatro… Ela abriu as pernas vi aquelas coxas lisinhas e fui penetrando mais e mais… Ela sentiu e disse que estava ardendo. – – –

– – – . . . – Mas penetrei, ela queria assim… Penetrei todo, e ela suspirou… Estava aliviada com a penetração… ela disse: ‘Amor’ você ainda tem alguma reserva para gozar em mim… Eu disse que sim… Vamos, mexe que eu quero muito o seu leite… Ficamos fazendo exercícios por meia hora, mas, ela não gozava… Estava cansada… Eu falei: Cris, vou gozar em você… Ela: Goza, Amor, quero muito o seu leite e gozei… E Ela, não e chorou… Estava nervosa… Ela, Carlos, tira. Eu tirei e ela relaxou um pouco, estava exausta, percebi. A abracei e percebi o cansaço dela… Foi um dia estafante do aniversário dela…

– – – . . . – Nos limpamos e ficamos abraçados… ela respirou profundamente e disse: Estou cansada Amor e concordei… Acabamos dormindo abraçados, ela em cima de mim… Ela respirava profundamente de descanso… Por volta das duas da manhã a mãe dela bate no quarto e fui atender e ela disse: vocês não se alimentaram… Quer que eu faça um lanche… Sim, queremos e obrigado … Aí a Chris acordou e foi até a cozinha sonolenta e nua… Estava quente… A cobri com um lençol…
40ª Parte – Um pedido de ‘amor’ incondicional. – – – A mãe dela disse: Vocês estão fazendo ‘amor’ direto… Descansem… Você tem trabalho e ela estudo… Eu concordei… Lanchamos, nos dois, e fomos dormir… A mãe também… Ficamos agarrados por um bom tempo… Às 05:30 a Chris acorda e me pede… Amor, quero te sentir… Ela percebeu que o membro estava duro entre as suas coxas… Quero gozar muito agora… Estou muito produtiva… Eu disse: Eu também… Ela: vem, AMOR, penetra em mim… Ela abriu bem as pernas e a penetrei com desejo… Parecia que a sua produção tinha triplicado… Ela gozou de imediato, ela foi rápido… A boca dela delirava de amor e fui beijando-a ardentemente … Eu demorei alguns minutos, mas ela foi incisiva… Amor, Amor goza, goza logo, quando ela terminou eu lancei um jato de leite na buceta dela e ela sentiu fervendo lá dentro e disse Amor muito gostoso… Amei… Aí a mãe dela bate no quarto e disse que estava indo para o trabalho com o pai dela… Ficamos lá mais uns 45 minutos fazendo amor… Ela gozou umas 4 vezes e eu gozei nela 5 vezes… Ela: Carlos, posso te perguntar uma coisa… Eu disse: Pode?? Ela: Carlos e se eu ficar grávida, nós passamos uma noite maravilhosa… Eu te amo ‘Amor’… Ela ficou calma… Já eram 06 horas e tínhamos que tomar banho… Trabalho e escola… Fomos para o banheiro…

– – – . . . – Ela: Carlos, Amor, obrigado, Te Amo Muito… Eu disse: Você é a mulher da minha vida… Ela respirou de felicidade… Ela estava insaciável este dia do seu aniversário… Ela acariciou o meu / dela membro e viu ele muito duro e disse: Põe na minha ‘bucetinha’, vamos gozar mais um pouco… Eu queria e ela também e percebeu… Coloquei e ela pediu para gozarmos juntos… Atendi seu pedido… Gozamos juntos… Ela sorriu muito…
41ª Parte – Uma Chupada e uma mamada inesperada. – – – . . . – Nesse tempo eu estava chupando-a toda… Ela ia começar a gozar e me pediu, Amor, penetra em mim quero gozar muito em você … A sentei em meu colo e penetrei por trás e enterrei completamente nela e ela sentiu aquele jato fervente na ‘bucetinha’ dela e vibrou intensamente. – – – Ela gozou intensamente e eu também… Fomos tomar outro banho… Aí mexeram na porta e disse que tinha resolvido… Saímos do banho e fomos para o quarto. Mas o encontramos trancado. A Chris estava coberta com uma toalha, nua, sem nada e eu também… Estávamos agarrados um ao outro … Perguntou ao pai, cadê a minha mãe… Está no quarto… Ela foi lá e não viu a mãe. Pai, não está aqui não… Então está no quarto de vocês… E o que ela está fazendo lá… O pai, não sei… Ela bateu na porta, já que estava trancado…

– – – . . . – Já vou abrir, ela disse… E logo em seguida… Abriu a porta e para surpresa dela… Uma cama de casal… Uma escrivaninha e uma televisão… Já tudo instalado… Ela chamou o Pai e a mãe já estava no quarto e os abraçou e a toalha que nós estávamos caiu e ficamos nus na frente dos pais dela e a Estela me observou atentamente e fomos rápidos para o quarto se vestir… Carlos venha participar e de vocês… Entrei no quarto estava impecável… – Ela me agarrou e disse “Amor” … E o nosso quarto de casal… Obrigado a vocês meus pais… Aí ele disse: O Carlos também tem participação… Ele concordou, Ok… Ela me olhou admirada e feliz… E me abraçou e a toalha caiu de novo, deixando-a inteiramente nua… eles falaram: Agora vocês têm um desafio maravilhoso, serem oficialmente marido e mulher… Eu disse: – – Ela é a minha esposa desde o momento que a vi… Agradeço a Deus por ela… Ela, Chris, sorriu e agradeceu e abriu um chorou…

– – – . . . – A Chris se cobriu de novo e sentou-se na cama… Feliz e radiante… E disse abertamente, Amor, agora podemos fazer ‘amor’ mais agarradinho… Os pais sorriram e sairão e eles fecharam a porta. Era uma segunda-feira e ainda estávamos no ápice do aniversário… Ela, Chris, estava muito feliz… Eu falei: Amor, temos que conversar com seus pais sobre essas nossas despesas e você será essa ponte, Ok. Amor… Ela disse: Sim, se for possível… Mas já esta tarde… Sem problema, será rápido… Vamos… Ainda bem que os pais dela estavam na sala… Ela, Cris, estava de camisola que a mãe tinha comprado para ela e uma calcinha muito sensual…

42ª parte – Uma noite muito sensual – – – . . . – Ela, dessa vez, trancou o quarto e ficamos nus… Ela me acariciava com muita delicadeza e amor… E dizia … Amor te amo… E ficou a noite toda falando isso… E fizemos amor duas vezes… Ela intensamente… Eu gozei nela três vezes, ela percebeu e sentiu o jato quente na sua vagina… Adorou… Já era tarde… E fomos dormir… Estávamos cansados… Dormimos o sono dos deuses… Ela, linda, nua e sensual… Sempre colocando o membro entre as suas pernas… Adorava fazer isso… Tinha essa tara… – De manhã cedo ela acordou cheia de tesão… Eram 05:30 e os pais dela não tinham acordado ainda… Fizemos um amor gostoso… Ela sempre vibrante e energética… Fomos tomar banho e se preparar para o trabalho e estudo …
43ª Parte – Duas Lindas Mulheres. – – – Mãe e Filha. – – – . . . – Caminhei até a sala e percebi que meus pais não tinham saído para o trabalho e fiquei curiosa e bati no quarto e chamei a minha mãe, ela me respondeu e foi me atender … Estava só de calcinha e muito suada e perguntei: … A Sra. vai trabalhar hoje!!! Ela deu um suspiro e falou … Não, filha, não iremos trabalhar hoje não, OK … E falou, Filha, vai para o seu quarto que eu quero ‘dar mais uma foda’ com seu pai … Fiquei admirada com as expressões da minha mãe … Estava parecendo aquelas ‘putas da zona’, como aprendi na escola … Fiquei calada e fui me aprontar para o Colégio, admirada com ela … Enfim, vamos aguardar o desenrolar dessa transa dela com meu pai … O pai se levantou… Fiquei admirada com a rapidez da ‘foda’ dele com a minha mãe … Esse era o meu pensamento … E o Carlos, já fardado percebe a minha apreensão …

44ª Parte – Um ar de admiração com as expressões da mãe. – – – . . . – Ele, Amor, que cara é essa, de apreensão e preocupação. Ela, Chris … – Amor, minha mãe veio até a mim com umas expressões que ela nunca tinha falado e fiquei admirada com ela … Ele, Carlos … Amor, são expressões de desejo, talvez … Ela, Chris … Não, Amor e as expressões foram estas … ‘Filha’ vai para o seu quarto que eu quero ‘dar mais uma foda com seu pai’ … Fiquei admirada com as palavras dela … Ela não se expressa dessa forma … Sempre carinhosa com meu pai … Eu perguntei: … ‘Amor’ será que ela bebeu alguma coisa para estar utilizando essas expressões … Ela, Chris … – Amor, não vi nada diferente no quarto deles, não … E ela foi se vestir e a levei para o Colégio e ela foi com aquele pensamento e aquelas expressões na mente … E ela observou as nossas alianças… Viu que estavam em nossos dedos… Ao retornar do Colégio, viu a casa toda vazia e o quarto dos pais trancados e a louça toda suja, algo que a mãe nunca deixava acontecer … Mas, tudo bem … Ela foi para o quarto dela e tirou a roupa do Colégio e foi arrumar a cozinha … E aí a Cris percebeu que a mãe gemia demais e falava para o pai, Amor, vai pôr na minha bundinha, eu adoro a sua ‘pica’ penetrando na minha bundinha, vai Fernando… Ele penetrou e ela deu grito muito forte… De desejo e prazer, talvez … – … Ela, pensou, nunca tinha visto ou presenciado a mãe ser tão safada e vulgar assim … Pedindo para que o pai enterrasse toda aquela ‘pica’ no cu dela … Ela gemeu e gritou… A noite, esperava ansiosamente pela minha chegada e as 17:45 horas cheguei, ela veio me dar um abraço muito lindo e gostoso e me puxa logo para o nosso quarto e diz: … ‘Amor’, preciso muito falar contigo. – – – Meus pais não foram trabalhar hoje e ao chegar do Colégio e encontrei toda a louça muito suja eles ainda se encontravam no quarto. … Percebi que eles estavam fazendo amor direto. … As expressões deles eram bem vulgares e esdruxulas. – – – Ela gritava, parecia que estava drogada e dizendo: Vai, Amor, arromba o meu cuzinho e depois disse: … Amor, arromba essa bucetona toda cabeluda, vai … Quero até os ovos … Vai, Amor, come meu cu, logo … Fiquei admirada com as expressões dela … Só que tem um detalhe, Amor. … Ela sempre se depila toda. … Mas, como ela usa a expressão: ‘Arromba essa bucetona toda cabeluda’. … Ele, Carlos, achou estranhas essas expressões, já que são expressões de uma ‘putinha de zona’, e não de uma mulher culta e estudada … Comentei isso com a Chris. E a Chris, Carlos, Amor, como você sabe que são expressões de ‘putinha de zona’ … Eu expliquei: … ‘Amor’, nas rondas que fazemos, como você presenciou comigo, tem relato de soldados que se envolvem com esse tipo de gente e nós somos obrigados a intervir, já que rola muita bebida e drogas variadas e da próxima vez que eu estiver de serviço eu te mostro… E algo desagradável ter envolvimento do nosso pessoal da Forças Armadas com esse tipo de gente …

45ª Parte – Uma Curiosidade e um Desejo. – – – . . . – Depois de tudo que a minha esposa escutou do relato da mãe, ela pergunta, curiosamente … ‘Amor’, é muito dolorido essa linda piroca no meu ‘cuzinho’, usando as expressões da minha mãe, como ela disse para o meu pai … Eu falei … ‘Amor’, é muito dolorido para ambas as partes … Você sente muita dor ao ser penetrada e nós homens sentimos muito quando o rego anal nunca foi penetrado …
– – – . . . – Amor, porque vocês que são médicos usam essas expressões bem técnicas e cultas … Eu disse … ‘Amor’, você é uma mulher muito inteligente, culta e sábia e sabe discernir o certo do errado … Sabemos que sua mãe e culta, mas ela estava possuída ou tomada por alguma droga que a fez ficar elétrica e depravada como uma ‘puta de zona’ … E o seu pai, como homem culto que é devia tê-la repreendido … Ia quebrar aquele sentimento de desejo profundo, sim, ia, mas ela iria se recompor logo em seguida … Eu tenho exemplo da minha esposa, culta, inteligente, meiga, gostosa e atraente e sempre com expressões cultas … Ela, Chris, sorriu de felicidade e me deu um grande abraço e um beijo muito caloroso de língua e fomos para cozinha fazer café …

46ª Parte – Uma Preocupação com os pais. – – – . . . – Já eram 21:00 horas e os pais não saiam do quarto desde de manhã e a Chris me chama … ‘Amor’, até agora eles não saíram do quarto … Será que aconteceu alguma coisa … Eu também fiquei preocupado e falei com a Chris … Amor, vamos ver pela janela dos fundos e percebemos um silencio total e ficamos em alerta … Ela, Chris, Amor, você é médico, vamos bater lá no quarto … Eu disse: Sim, Amor, vamos fazer isso … Batemos, e não houve resposta … Batemos novamente e nada de resposta … Ficamos preocupados. Resolvemos abrir, mas estava trancada … Peguei uma chave de fenda e consegui abrir a porta e vejo os dois estirados no chão e a Chris se desespera e fui acalmá-la e fiz uma reanimação na mãe dela e uma massagem cardíaca no pai dela … Graças a Deus os dois estavam voltando a sua respiração, mesmo que lenta … Fiz uma reação boca a boca com a mãe dela e outra massagem cardíaca no pai e aí sim eles voltam a respiração normal, mesmo lenta e a Chris vê dois frascos de um remédio na cabeceira da cama … Levamos a mãe para dar um banho bem frio e ela foi recobrando a sua respiração e sua condição normal de saúde e levamos em seguida o pai para um banho frio e pedi a Chris para levar os remédios para o nosso quarto … E fomos dar uma banho frio no pai dela … Ele voltou a respiração normal e como tinha preparado um café, pedi a Chris para levar para os dois e fomos vestir a mãe dela primeiro, com aquela bucetona bem raspada e vi algo estranho na entrada da buceta dela e pedi ajuda da Chris … E fiquei fazendo alguns exames nela e era um líquido rosa e o pai foi aos poucos recobrando os sentidos, mas a mãe, não … Fiz uma massagem cardíaca e de respiração cardíaca nela e ela foi recobrando os sentidos gradualmente e vê a Chris e dá um abraço na filha e pede desculpas pelo ocorrido e ela lindamente nua, a mãe, e me vê e me abraça também … Senti que ela estava mais quente e estado físico voltando ao normal … O pai foi se vestir, pois já eram 23:10 horas … O pai dela vai até a cozinha preparar algo para eles comerem já que desde de manhã não se alimentaram … Verifiquei a P. A. da mãe, estava muito baixa e preparamos uma alimentação para ela e apliquei nela uma dose de soro glicosado e ela foi recuperando as suas energias … Estava lindamente nua.

C O N T I N U A . – – –

1207 views

Contos relacionados

Deixar a mulher carente é foda…

Olá tesudos e tesudas, tenho 1,75 de altura, 26 anos, cabelos castanhos curtos, olhos castanhos mel, seios enormes e sou uma gordinha muito fogosa. Desde nova sempre tive meu lado sexual bastante...

LER CONTO

Meu primeiro Ménage a trois – verídico

Oi tesudos e tesudas !!!!! já estava louca para postar mais um conto verídico sobre um experiência real... Então mores eu casei muito nova com 15 anos e fiquei com esse boy até os meus 18 anos...

LER CONTO

Fodi a irmã da minha sogra

Meu nome é Jeferson tenho 29 anos sou de Santa Catarina . Este conto real aconteceu quando eu tinha 27 anos . Irmã da minha sogra vou chama-la de Tia. Ela é uma mulher de 43 anos tem um corpo...

LER CONTO

Karen transando com um desconhecido de bate papo – verídico

Olá tesudos e tesudas, estavam com saudades? Obrigado a todos os meus fãs, faço o possível para responder todos os e-mails meus nenéns safadinhos. Vamos de conto ? Como vocês sabem eu sou a...

LER CONTO

Apaixonado pelo melhor amigo (Primeira parte)

Eu tinha 17 anos no ano de 2001. Um ano antes, tinha terminado o ensino médio e agora me preparava para o vestibular. Queria muito passar e me mudar daquela cidade. Já não fazia mais sentido...

LER CONTO

Excursão da turma

Sempre afirmei que o ensino médio, principalmente a segunda e o terceirão foram uma das melhores fases da minha vida, não é por acaso, tive poucas, mas maravilhosas aventuras. Quatro aventuras,...

LER CONTO

Minha esposa Fer uma puta safada, corno é corno.

Olá galera sou Bodiar.... Começa aqui uma história de como minha esposa me faz de corno. Mas o maior motivo mesmo foi que a Fer está com 38 anos de idade,,,e depois que Ela começou a tomar...

LER CONTO

Realizando um sonho antigo, comi o cu da coroa gostosa

Como já relatei em outros contos, sou divorciado, tenho 56 anos, não sou o tipo de coroa que chama a atenção das mulheres por onde passa, mas também não sou de se jogar fora, não sou gordo e...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 5 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2022 - Contos adultos