Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos verídicos » Casal Safado – Apresentação

Casal Safado – Apresentação

Publicado em maio 19, 2020 por Paulo

Casal Safado- Apresentação
Eu tive muita sorte em encontrar a mulher com quem eu casei. Ela é linda, divertida, companheira. Toda meiga, delicada e educada, mas na hora da cama ela gosta de intensidade, ou seja, levar um pau bem duro e bem forte. Uma verdadeira dama na mesa e uma puta na cama.Ela é branquinha, 1,62m, 55kg, Uma bunda deliciosa, de lábios levemente carnudinhos, uma bucetinha que vive quente, um par de seios maravilhosos, suculentos, deliciosos. Amo chupar eles. Eu sou alto, 1,86m 100 kg. Um pau de 16 cm. Mas grosso, como ela diz, do tamanho certo. Que dá para engolir todo e machucar quando mexe forte.E nós decidimos compartilhar nossas experiências, somos um casal fiel e que se permite a fazer várias coisas na cama e vem construindo uma intimidade cada vez maior, com muito amor, carinho e doses de sacanagem e safadeza.Eu posso falar duas coisas da minha mulher, ela é extremamente carinhosa e muito safada. Ela gosta de tudo na cama, de um denguinho bem gentil até uma socada bem forte de rola na buceta, com direito a tapa na bunda e puxão de cabelo. Aliás, eu fui o primeiro a comer seu cuzinho, um cuzinho delicioso, e que aguenta bem cada metida. O fato de eu ter sido o primeiro a comer o cúzinho tarado dela, faz ela se sentir minha puta, minha vadia.Desde que nós namoravamos a gente já tinha a idéia de morar em um lugar, aonde, além de ser nosso lar, nós pudéssemos fazer amor a vontade, por que minha linda adora gritar alto quando tá sendo comida. Em suma, eu tenho uma mulher maravilhosa. Amiga, linda, gostosa e uma delícia de comer.
Teve um dia que eu decidi ligar para minha mulher, quando estava voltando do trabalho e disse:
– Amor, eu to chegando, eu quero que vc me espere de vestido curtinho, e com uma calcinha branca bem enfiada.
– É amor, por quê?
– Por quê eu to com vontade de você e vou te comer quando chegar em casa.
– Tá bom lindo, te amo!
Ela adora que eu ligue para ela e diga o que ela tem que vestir.
Quando eu cheguei em casa, ela tava do jeitinho que eu falei, com um vestidinho branco, sentada no sofá com as pernas cruzadas. Eu entrei, deixei minhas coisas no quarto. Voltei para a sala e fiz uma coisa que ela adora. Sem falar nem oi, tirei o pau pra fora e dei para ela chupar.
– Vem amor, chupa meu pau, chupa linda, to estressado, precisando que você me acalme.
– Ai amor, que tesão. Vem cá, eu cuido de você
Ela abocanhou bem gostoso e começou a chupar. Ela sabe que quando eu dou o pau assim é pra chupar com gosto e foi o que ela fez, chupou com gosto, passando ele no rosto e dando pequenas batidinhas.Ela engolia o pau com bastante vontade.
– Nossa como você chupa gostoso amor. Vc é safada né linda?
– Muito amor. Adoro seu pau duro! Bate com ela na minha cara, bate amor!
Ela já tava cheia de tesão, quando ela pede pra apanhar de pau é que ela já tá toda quente e melada.
– Toma amor
– Aiiii
– Toma, toma tapa de pau duro.
– Isso amor, esfrega ele na minha cara, pensei nele o dia todo
Eu esfregava o pau duro na cara dela, segurando ela pelo cabelo. Ajoelhei na sua frente, deixei sua perna bem aberta e comecei a beijá-la e passar mão na parte de dentro das suas coxas, alisando bem gostoso.
– Deixa eu ver se meu amor colocou a calcinha que eu pedi
Passei a mão com carinho na bucetinha dela e constatei que ela tava com a calcinha branca enfiadinha. Bem pequenininha.
– Nossa que tesão amor.
– Foi você quem pediu e eu coloquei.
– Ahn que safada, tá com jeitinho de puta amor.
– Eu sou puta , lindo.
Eu comecei a dar apertinhos na bucetinha dela, enquanto a beijava. Tava um sarro bem gostoso. Ficamos um tempo assim, depois eu ajoelhei e comecei dar cheirinhos na buceta dela, ela rebolava para que esfregasse bem a buceta na minha boca, arreei a calcinha e ela arreganhou ainda mais as pernas e eu comcei a beijar de língua sua buceta, ela se deliciava:
– Ai seu tesudo gostoso. Quero pau, quero pau bem duro.
Eu chupei, suguei, lambi, esfeguei meu rosto, em seguida eu me ajoelhei em frente a ela e comece a esfregar o pau na entradinha da bucetinha.
– Ai lindo assim eu fico com vontade desse pau duro.. – ela gemia sem parar
– Quero pau amor, me dá pau – ela falava entre um gemido e outro
Eu passava a cabecinha pressionando o clitorís dela, ela rebolava cada vez mais forte.
– Assim meu macho, vai, me come, enfia esse pau, enfiaaa.
– Como vc quer ele amor?
– Ai eu quero forte lindo, enfia, enfia forte.
– É linda, forte?
– É amor forte, enfia sem pena. To precisando.
Eu continuei fazendo carinho um tempo e depois enfiei com tudo nela
– Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii. Seu gostoso safadooo. Isso.Me come vai
Eu comecei a meter gostoso nela, aumentando cada vez mais o ritimo.É lindo ver os seios dela balançarem.
– Aiiii mete mais mete. Que eu vou gozar.
É maravilhoso ver minha gostosa cheia de tesão e gritando que vai gozar. Eu metia fundo e firme. Até que ela gozou. E enquanto ela gozava, rebolava com intensidade pra sentir bem o pau duro dentro dela.
– Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii. Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii. Aiiiiiiiiiiiiiiiiii. Que tesão delicioso. Seu safado gostoso. Eu fiquei paradinho até ela parar de gozar. Quando acabou eu tirei meu pau de dentro dela e comecei a me masturbar, pedi para ela juntar os seios e se ajoelhar. Ela ficou me olhando nos olhos até eu gozar em seus seios. Deixar ela toda melada de porra.
Depois disso nos beijamos e fomos tomar um banho. Aonde eu comi ela mais uma vez. Mas já é outra história. Podem aguardar por mais histórias.
Quem quiser ver fotos safadas da minha esposinha, mande um email pra nós…
[email protected]

5655 views

Contos relacionados

Deixar a mulher carente é foda…

Olá tesudos e tesudas, tenho 1,75 de altura, 26 anos, cabelos castanhos curtos, olhos castanhos mel, seios enormes e sou uma gordinha muito fogosa. Desde nova sempre tive meu lado sexual bastante...

LER CONTO

A Prima Tycinha PT.1

Passei parte da minha infância em Curitiba e lá vivi até completar 10 anos, lá morávamos no mesmo quintal: a minha família e a família do meu tio, o pai da Tycinha. Bom eu já estou a 15...

LER CONTO

Transando com a ex-namorada e uma amiga

Como já mencionei em outro conto aqui publicado (Fiz anal com a vizinha de Kitinet), fui casado por um tempo, já faz dois anos que estou solteiro, e sempre tendo minhas aventuras sexuais. Sempre...

LER CONTO

Novamente no presidio querendo mais pica do zé droguinha

A semana passava devagar e eu contava cada minuto pra encontrar meu zé droguinha Darlan,batia varias siririca ouvindo aquela voz rouca cheia de malandragem,salivava desejando chupar aqueles 2 palmos...

LER CONTO

Princesinha punheteira

Olá meus amores, Thay aqui. Espero que tenham gostado do meu primeiro relato. Essa é a continuação direta do que aconteceu naquele dia, se você não leu, leia. Aqui está: Depois de punhetar o...

LER CONTO

A recepcionista gostosa

Fala galera, meu nome é Pedro, resido em Salvador-BA e a história que eu vou contar a vocês é real, tenho 25 anos solteiro não me considero dotado (tenho 18cm de pau), trabalho em uma empresa de...

LER CONTO

3 - Comentário(s)

  • Marcelo 25/05/2020 22:22

    Adorei!!!

  • Diogo 22/05/2020 06:26

    Ola meu nome e diogo sou de sao paulo zona sul . amo mulheres loiras branquinha deve ser uma delicia tenho curiosidade de sair com uma mulher casada ou sair com mae e filha, sair com uma novinha tira uma virgindade. Obs sera que tem mae q transa com filhos ? Meu chama no zap

  • juan Pablo Gomes Lescano 20/05/2020 11:05

    Amei o conto. E gostaria de receber fotos sim. Parabéns.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 3 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos