Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos eróticos de corno » Caminhada do casal acabou em chifre

Caminhada do casal acabou em chifre

Publicado em junho 15, 2019 por CooledCutie

Enviado por: Fantasybombom

Olá!!! Somos casados a mais de dez anos e sempre mantivemos um casamento sólido, com 02 filhos, com harmonia, respeito e muito amor.

Continua depois da publicidade

Me chamo Gil, sou branco, grisalho, tenho 40 anos e gosto de manter a forma, realizando exercícios diários. Minha esposa, Bombom, com 36 anos, morena clara, estatura mediana, seios pequenos, bumbum arredondado, magra (53 Kg), uma delícia que também, junto comigo, mantem seu corpo sempre bem definido.

Como moramos no Litoral de SC, resolvemos, em um sábado pela manhã, fazer uma caminhada à beira mar. Saímos por volta das 10:00 horas da manhã e começamos nossa caminhada. Bombom vestia a parte posterior do biquíni, cobrindo-lhe os seios e uma bermudinha leg bem justinha que ressaltava e deixava a mostra a polpa de seu bumbum, cobrindo a parte inferior do biquíni, mas mesmo assim perceptível, completamente enterrado em sua bundinha deliciosa, fazendo delinear na parte da frente aquela bucetinha com suas formas.

Eu percebia, em nossa caminhada, os olhares desejosos de marmanjos por quem a gente passava, o que me deixava orgulhoso, pois tinha o privilégio de estar ao lado de uma beldade. Transcorridos mais ou menos meia hora de caminhada, paramos em um quiosque para tomar uma água de coco, nos hidratarmos, para depois continuarmos.

Continua depois da publicidade

De um lado do quiosque estavam dois rapazes, um moreno claro, aparentando uns 30 anos e o outro loiro que devia ter uns 25 anos (ambos muito bem apessoados, e em forma). Assim que chegamos ao quiosque percebi que deram uma olhada para a Bombom (frente e verso) e quando estávamos no balcão percebi a aproximação daquele que aparentava ser mais experiente, seguido logo depois do outro. Puxaram conversa falando algumas coisas triviais relativas à caminhada, apresentaram-se: Fabiano, o mais velho disse ser empresário no ramo de construção civil e o outro, Carlos, corretor de imóveis, ambos solteiros.

Como somos muito comunicativos, respondemos às perguntas e conversamos sobre diversos assuntos e, acabamos perdendo (ou ganhando) uns 20 minutos neste bate papo. Ao nos despedirmos para continuarmos nossa caminhada Fabiano, em um tom amigável indagou-nos se não teríamos interesse de almoçar com eles no retorno da caminhada em um restaurante que ficava bem próximo dali. Dei uma olhada para minha esposa e não percebi reação negativa dela, acabamos por concordar em almoçarmos juntos, marcando de nos encontrarmos lá pelas 12:30 no restaurante.

Assim, continuamos nossa caminhada, não sem perceber os olhares desejosos de Fabiano e Carlos no bumbum de minha gata. Neste restante de nossa caminhada conversamos sobre os amigos que fizemos e percebi um certo interesse da Bombom em conhecer melhor os dois. Pelas 12:15 retornamos e já fomos direto ao restaurante, tendo a Bombom colocado uma camiseta que havíamos levado junto. Avistamos os Fabiano e Carlos em uma mesa bem ao fundo, fomos até eles, os cumprimentamos e fomos ao banheiro, pois pela caminhada feita estávamos um pouco suados. Lavamo-nos e voltamos até a mesa.

Claro que eles, estrategicamente, estavam sentados um em cada lado da mesa, o que obrigou-nos a sentarmos separados, a Bombom ao lado de Fabiano e eu ao lado de Carlos. Pedimos um suco de abacaxi para a Esposa e eu tomei uma cervejinha quando começaram a servir o almoço. Vários assuntos permearam aquele momento que se tornou bem descontraído, inclusive dando mais liberdade para falarmos em um tom de brincadeira sobre sexo.

Fabiano, em uma atitude mais ousada, falou para mim que eu era um cara de sorte, que tinha uma mulher linda, simpática com um corpo muito bem distribuído, ousadia que obteve a concordância de Carlos. A Bombom me olhou naquele momento e percebi um certo rubor em seu rosto, mas agradeceu ambos pela gentileza. Pouco mais de uma hora passada concluímos o almoço que para a gente foi muito agradável e descontraído.

Ao falarmos aos dois que iríamos para casa, o Fabiano em um tom mais ousado ainda, convidou-nos para conhecermos o apartamento dele que ficava nas proximidades. Agradecemos e dissemos a ele que estávamos necessitando tomar um bom banho, tirar o suor da caminhada e que iríamos para casa. Ele insistiu, dizendo que só para estendermos mais a conversa, um happy hour e quem sabe um jantar, e que estava muito boa a nossa companhia, momento em que eu olhei para a minha esposa e ela, comum olhar meigo e um sorriso disse que era para mim decidir.

Com isso combinamos que iríamos para casa tomar um bom banho e trocar de roupas e depois, lá pelas 17:00 horas retornaríamos a nos encontrar no apartamento do Fabiano, que nos passou o endereço. Nos despedimos e fomos para casa nos prepararmos para mais tarde. Chegando em casa a Bombom foi para o banheiro e eu a segui, vendo que ela já iria para o chuveiro, vi que ela pegou o aparelho para depilação, entendi que ela estava imaginando que poderia rolar alguma coisa diferente com nossos amigos.

Ela entrou no box e eu retornei para o quarto e comecei a separar umas peças de langerie bem sexy para ela usar, bem como já deixei em cima da cama um vestidinho bem justinho da cor vermelha que ela havia usado apenas uma vez. Aí retornei ao banheiro, entrei no box e ela estava acabando de se enxaguar e concluía a depilação nas pernas. Peguei o aparelho, passei um creme em sua bucetinha e comecei a depilar, deixando-a bem lisinha e de uma visão espetacular, caso se concretizasse o que vinha se desenhando.

Pedi para ela colocar um dos pés em cima de uma banqueta, situação que facilitaria que eu chegasse com o aparelho em seu cuzinho, para que eu pudesse deixar ele bem depilado e lisinho também. Fiz todo o trabalho com perfeição, deixando-a perfeita para a visão, para o tato e para o olfato. Aproveitei e também tomei meu banho. Nos vestimos e a Bombom colocou uma langerie vermelha que cobria levemente a bucetinha depilada e atrás, na parte de baixo completamente enterrada no rabinho, e na parte superior uma peça nova da mesma cor que escondia seus pequenos seios de forma escultural.

Colocou o vestido vermelho que a deixou estonteantemente sexy, gostosa e de uma formosura sem igual, completando o look com um sapato preto, salto fino. Também me vesti, mas de forma mais trivial, de bermuda, camiseta e um tênis. Eram 16:30 quando saímos de casa em direção ao apartamento de Fabiano, chegamos ao endereço informado, pelo interfone avisamos de nossa chegada e subimos até o 8º andar. Tocamos a campainha, fomos recebidos por Fabiano que assim como eu vestia bermuda leve e uma camiseta, mesma vestimenta que Carlos usava.

Fomos conduzidos até a sala, oportunidade em que pude perceber ser um apartamento muito bem decorado, com uma suíte, mais um quarto e outro banheiro social. Sentamos eu e a Bombom em um sofá marrom de 03 lugares, enquanto Fabiano sentou-se num outro sofá de 02 lugares a nossa frente e Carlos em uma banqueta que dava para a mesa do barzinho que decorava o canto da sala. Fabiano ofereceu-me uma cerveja que aceitei e para minha esposa ofereceu um drink.

Como ela não é muito de bebidas alcoólicas mas viu no barzinho um litro de martini, aceitou uma dose com 02 pedras de gelo. Fomos servidos, mas percebi que a dose de martini era bem generosa. Conversamos muito sobre diversos assuntos, e ao seu tempo a conversa foi ficando mais descontraída, efeito da bebida que ingerimos. Lembro bem, próximo às 18:00 horas precisei ir ao banheiro e, quando retornei, uma primeira visão marcante que tive: no lugar onde eu estava sentado estava o Fabiano que fazia um carinho de leve na nuca da Bombom e mordiscava suavemente seu pescoço.

Percebi, também, que ela não oferecia qualquer tipo de reação contrária e que parecia estar gostando e muito da investida do amigo. Me aproximei e fui direto ao sofá antes ocupado por Fabiano, oportunidade em que minha esposa abriu os olhos e me viu, com uma carinha de criança pedindo doce, implorava minha aprovação. Pisquei o olho direito para ela e deixei que o momento rolasse de acordo com o tesão envolvido.

A situação foi se intensificando, a mão esquerda de Fabiano já começava a percorrer o corpo de minha esposa, descendo até os seios, suavemente acariciados enquanto seus lábios se aproximavam dos lábios da Bombom envolvendo-se em um beijo entrelaçando suas línguas fazendo aquele momento épico e eu assistindo a tudo o que ocorria com muito tesão. Minha esposa também, com sua mão esquerda já delineava o corpo de Fabiano, passando pelo tórax, pela barriga e estacionou no cassete, por cima da bermuda, acariciando e sentindo o volume aumentar, momento em que a parte de cima do vestido já estava descoberto, deixando a mostra os seios dela, por onde as mãos de Fabiano deliciosamente começavam a descer, passando por todo o corpo, até as pernas e na volta trouxe junto o vestido, descobrindo o corpo deixando a mostra a langerie vermelha e o corpo delicioso de minha gata.

Desceu também seus lábios até os seios e começou a suga-los uma a um, fazendo-a se contorcer de prazer conjugando com sua mão por cima da langerie acariciando a bucetinha de minha esposa. Neste momento, Carlos que só assistia a cena, levantou-se e parou do outro lado da Bombom, beijando-a na nunca e depois na boca. Os dois amigos ficaram em pé, um de cada lado e ela foi baixando a bermuda dos dois, liberando as pirocas de ambos que já estavam duríssimos.

Olhou-me um pouco assustada ao perceber o tamanho fora do comum do cassete do Fabiano que era muito grosso e devia ter mais de 20 cm e o do Carlos já não era tão grosso, mas de comprimento parecia muito com o do Fabiano. Começou a punhetá-los e foi aproximando a boca no cassete do Carlos, dando um beijinho na cabeça, depois deslizando a língua por toda a extensão até chegar nas bolas, voltando até a cabeça e foi colocando para dentro da boca chupando-o por uns minutos enquanto punhetava o cassete de Fabiano.

Depois disso fez a mesma ação com o pau do Fabiano, só que ao tentar colocar ele na boca, entrou com dificuldade, percebendo na ação o que teria que enfrentar mais tarde. Ficou chupando alguns minutos, ora um ora outro, momento em que ela encostou-se no sofá, eu fui e tirei a calcinha dela e vi de perto que estava completamente molhada a sua bucetinha. Carlos aproximou-se dela e começou um oral, passando sua língua na buceta e também no rabinho da minha esposa, enquanto por cima Fabiano oferecia o cassete para Bombom chupar.

Neste momento minha esposa gozou, contorcendo-se muito e gemendo alto. Carlos colocou o preservativo e começou a pincelar seu cassete na porta da buceta em seguida foi colocando para dentro até chegar ao fundo enquanto ela deliciosamente chupava o pau do Fabiano. Carlos fodeu com gosto a bucetinha de minha esposa até que estava prestes a gozar retirou seu pau e foi sentar-se no encosto do sofá e Fabiano veio com seu mastro, colocando ela de 4 de forma que ficasse com a boca bem próxima ao pau de Carlos.

Posicionou-se atrás colocando a cabeça na entrada da buceta, começando a pressionar. Entrou a cabeça e eu olhando de perto alargar aquela bucetinha molhada, acostumando-se com aquele membro duro que aos poucos foi sendo engolido com gritos e gemidos até desaparecer por completo. Em êxtase Bombom se contorcia e iniciava-se um vai e vem frenético até atingir o pico de mais um gozo anunciado pelo rubor tremulo da voz chorosa e dos gemidos profundos que ela inevitavelmente produzia.

Foi neste momento que Fabiano retirou seu cassete de dentro e massageando o cuzinho dela jorrou jatos de leite no bumbum deixando-a encharcada de porra e Carlos também gozou melecando a boca e o rosto de minha gata. Esta cena toda me fez gozar também, vendo ela completamente entregue a 02 machos, com a bucetinha alargada e toda lambuzada pelo prazer de seus comedores. A Bombom foi direcionada para a suíte para tomar um banho e eu fui para o banheiro social também para tomar um banho.

Quando acabei meu banho, já recomposto, retornei para a sala e percebi que Fabiano e Carlos não estavam na sala, o que me fez imaginar que poderiam estar junto com minha esposa na suíte que estava com a porta trancada. Aproximei-me da porta e escutei o que poderia ser o final do banho, já percebendo o que estava para acontecer lá dentro, sem a minha presença. E, de fato, a partir daquele momento escutei sussurros, gemidos, sons de pegada forte e gritinhos que denunciavam mais um momento de prazer intenso, do qual não pude ver, mas da mesma forma me deixaram com enorme tesão só de imaginar.

Pouco mais de meia hora que estavam lá dentro ouvi o que deveria ser o orgasmo mais forte daquele momento e, minutos depois saiu a Bombom do quarto, completamente nua, com uma cara de safada, vindo em minha direção, abraçou-me e me deu um beijo delicioso como que querendo me agradecer por aquele momento. Ela estava tremula e vi que entre suas pernas escorria o resultado do gozo de nossos amigos.

Fomos eu e ela ao banheiro social para mais um banho e eu fui lavando seu corpo por todas as partes e quando cheguei na bucetinha percebi que estava encharcada de leite. Ela não me falava nada, mas imaginei que pudessem ter feito sexo sem preservativo. A buceta estava alargada e cheia de leite. Passei os dedos no rabinho e percebi que também estava lambuzado o que denunciava que, pela primeira vez, outro cassete havia entrado naquele cuzinho que até então era só meu.

É uma sensação indescritível saber que sua amada está se deliciando com dois amigos e não ter como enxergar o que está rolando, ficando só na imaginação. Pois bem, banho tomado, ela colocou a outra langerie que havíamos levado, enrolou-se numa toalha e retornamos para a sala onde já se encontrava Carlos tomando uma cervejinha e minutos depois também chegou o Fabiano, ambos com banho tomado e enrolados em toalhas.

Recompostos, Carlos colocou um som dançante e convidou minha esposa para dançar, coisa que ela adora. Abraçaram-se e começaram a movimentar-se lentamente, aproximando seus corpos de rosto colado e em pouco tempo já beijavam-se deliciosamente, ambos se apalpando por todo o corpo, tendo Fabiano se aproximado por trás abraçando-a também e eu no sofá assistindo tudo percebendo que os dois já estavam com os cassetes duros novamente e as toalhas já jogadas ao chão.

Nestes movimentos foram se aproximando do sofá, colocaram-a sentada e Carlos começou a lamber a buceta de minha amada enquanto ela chupava o cassetão do Fabiano. Em seguida Carlos sentou-se no sofá e pediu para ela sentar-se no cassete dele e dar uma cavalgada. Ela subiu em cima do amigo, colocou a cabeça do cassete de Carlos na portinha e foi descendo lentamente até agasalhar por completo e, atrás do sofá, Fabiano em pé deixava seu pau livre para a Bombom chupar.

Fabiano olhou-me e pediu para mim ir lamber o rabinho dela naquela posição. Meio sem jeito, mas atendi seu pedido e comecei a lamber nas costas e fui descendo até a bunda e cheguei naquele cuzinho lisinho, quente e delicioso e lambi muito, sentindo as estocadas de Carlos, os gemidos dela e mais um orgasmo que se anunciava. Saí de perto deles e percebi que Fabiano estava lubrificando seu pauzão com KY e apenas nesse momento entendi a intenção escondida naquele pedido feito para mim lamber o rabinho.

Era para deixar ela relaxada para receber aquela tora e, foi o que ele fez. Posicionou-se por trás, e enquanto ela cavalgava Carlos, Fabiano encostou a cabeça de seu pau no rabinho, pediu para eu sentar ao lado e ajudar a abrir o bumbum e começou a pressionar suavemente. Foi uma visão maravilhosa que já me deixou louco de tesão que quase gozei sem me tocar. Eu não acreditava que ela iria aguentar tudo aquilo dentro dela.

Quando entrou a cabeça ela tremeu, deu uma resmungada mas não fez menção de querer desistir. Fabiano deixou por uns instantes aquela cabeça gigante estacionada lá dentro para que o rabinho se acostumasse com o volume e depois voltou a pressionar até fazer tudo aquilo desaparecer por completo. Incrível a cena por mim presenciada. A primeira DP de minha esposa e logo com um cara muito bem dotado enchendo-lhe o cuzinho, arregaçando as pregas.

Começaram, então os movimentos de vai e vem, de inícios cadenciados e foram aumentando até que ela explodiu em um orgasmo retumbante, como eu nunca havia visto. Chegou a correr lágrimas de seus olhos, tamanho foi o seu nível de tesão. Neste momento Carlos saiu de baixo dela e Fabiano também retirou seu cassete do cuzinho e só aí eu pude perceber o estrago feito. Que visão privilegiada. Colocaram minha esposa sentada, um do lado esquerdo e o outro ao lado direito, em pé no sofá, ofereceram seus membros para ela chupar.

Percebi que estavam prestes a gozar, primeiro Carlos derramou jatos de leite quente na língua dela que aproveitou e chupou tudo, deixando limpinho o cassete dele e, na sequência Fabiano puxou a cabeça dela e direcionou seu pauzão para a boquinha soltando porra na grossa que chegava até sua garganta. Ela abocanhou a cabeça do pau e não deixou escapar nenhuma gota. Imaginei que ela fosse cuspir fora tudo aquilo, mas ela me olhou marotamente, abriu um pouco a boca para mim ver quanto tinha e fechou-a novamente, engolindo.

Impressionante esta cena, pois nem do meu leitinho ela havia engolido ainda. Aguardamos mais um pouco e depois de recompostos fomos tomar mais um banho e ela me deu um beijo demorado, antes de lavar a boca, momento em que eu pude sentir o quanto ela fora judiada em seus buraquinhos. Banho tomado, já passava da meia-noite, despedimo-nos dos amigos, descemos e fomos para nossa casa. Que delícia poder presenciar um encontro destes, inusitado, mas deveras prazeroso. E assim foi que a nossa habitual caminhada acabou em festa em grande estilo, com direito a muito sexo. Grande beijo a todos… Casal fantasybombom!!!

22717 views

Contos relacionados

Aventuras hotwife, descobri q meu marido comeu a babá e me vinguei

Olá meus queridos safadinhos. Hj vou contar como me vinguei do meu marido por ter comido a babá. Sou Cyntya, 48 anos, plus size, 88kg, 1.68 de alt coxas grossas, peito e bunda grandes e loira. ...

LER CONTO

De Esposa Evangélica e Comportada á Uma Puta Safada

Enviado por: Dotado Safado O relato que vou contar agora já aconteceu a alguns tempo, mais revela e muito como passei a gostar de descobrir a verdadeira mulher (desejo, vontade sem medo de...

LER CONTO

Compartilhando minha namorada

Começo este conto me apresentando, me chamo Álvaro e tenho 24 anos. Sou alto, tenho 1,89m, 83km e cabelo escuro. A história que relato aconteceu em 2019, em uma viagem que fiz com minha namorada...

LER CONTO

ANAL NO MEIO DA CAATINGA, EM PETROLÂNDIA-PE

Bom dia a todos os amigos. Imagina eu assim, na tua frente, abrindo bem a minha bunda, no meio do sertão. Adoro demais isso. Aqui quem escreve é Sílvia do Recife, a mais alta do grupo. Tenho 2...

LER CONTO

Uma transa fantástica com minha esposa – O amigo apareceu

Como não era surpresa, lá estava o meu amigo. Ele me cumprimentou e falou que já estava indo embora, pois achou que não tinha ninguém em casa. Então, sem nenhum acanhamento fui falando para ele...

LER CONTO

Usou eu como puta e humilhou meu marido

Enviado por: NEGRA CHIFRADEIRA Sou a Selma e o meu marido chama-se Dagmar. Casados há um bom tempo, temos dois filhos. Antes transávamos direto e eu gozava sempre no pinto dele, depois com a...

LER CONTO

14 - Comentário(s)

  • Alai 03/08/2020 11:28

    Olá sou de BH adoro transar com casais meu zap

  • Marcos da silva 07/03/2020 12:20

    Que delícia me senti no lugar do marido corno adoraria assistir minha esposa sendo enrabado numa DP

  • MORENA CASADA 21/02/2020 17:07

    Que delicia fiquei cheia de tesão e louca para ter uma noite como esta

  • Sanches 12/02/2020 22:03

    Sou bahiano procuro casais e solteiras amo foder uma cada ou comprometida seja na fé e te do corno manso ou escondido sou sigiloso e discreto meu Whatsapp fico no aguardo de contato

  • Luci 11/11/2019 05:38

    Eu procuro amigos comedores eu adoro sexo anal mas o meu marido nao curte

  • Prazer com ela 08/09/2019 01:30

    Belo conto, adoraria!

  • Diogo 11/07/2019 17:44

    Sou louco para comer mae e filha ou. Casada na frente do marido 11951141964

  • Tarado 06/07/2019 11:48

    Procuro por mulher sozinha fogosa ou casal cujo marido sinta prazer e queira me ver transando com sua esposa.Ninguém vai ficar sabendo.Tenho excelente nível, não quero sexo virtual, prostituição, e mail de homem sozinho e baixarias. Contato por e mail [email protected] Venha com a calcinha molhada pois estou tesudo querendo dar prazer.

  • Juan Renos 02/07/2019 12:14

    OLA SE VOCÊ É UMA MULHER OU UM CASAL DE SÃO PAULO CAPITAL OU GRANDE SP QUE O HOMEM CURTA VER SUA MULHE R TRANSANDO COM OUTRO OU QUE ESTEJA AFIM DE DIVIDIR ELA (menage masculino) . TENHO EXPERIÊNCIA EM SAIR COM CASADAS, CASAIS E CASAIS INICIANTES (NÃO FAÇO PROGRAMA) APENAS TROCA DE PRAZER PELO PRAZER). SKYPE [email protected] WHATSAPP (11)9.77091988 Juan

  • Marcelo 23/06/2019 15:07

    Oi amigo também tenho está fantásia se quiser realizar , segue meu Contato 11 943154919 Qro muito meter e vê esposa sendo comida também

  • Marcelo 23/06/2019 15:06

    Oi amigo também tenho está fantásia se quiser realizar , segue meu Contato 11 943154919

  • Alec 22/06/2019 01:32

    Vc foi muito corno manso e sua esposa gostosa putinha de primeira.Bom qd o casal é liberal e tem.essa afinidade.Ja transei com casal mas tenho tesão de foder a esposa do corno com mais um.ou mais machos numa orgia pro corno ver e partucipar se quiser. Sou Moreno claro 46 anos de idade 18 a 19 cm de pica simples educado discreto honesto sou de SP. Vcs maiores de idade. Que queiram.putaria no celular sem mostrar o rosto me chama.. Mulheres sós crentes ou casadas funcionárias pública gerente de lojas vendedoras frentista de posto de combustível donas de casa vendedoras,sigilo absoluto e discrição me chamem aqui Onze nove cinco dois sete três meia dois quatro três

  • Alec 22/06/2019 01:27

    Sou do ABC sigilo total e discrição.18 a 19 cm de pica 46 anos me chama no whats Onze nove cinco dois sete três meia dois quatro três

  • Fernando 16/06/2019 08:30

    Que delicia , ia adorar ver minha mulher dando , ainda mais que tenho pau pequeno e ela bucetao , me falta coragem pra ser corno manso . Somos de SP

    Resposta:
    Sou do ABC sigilo total e discrição.18 a 19 cm de pica 46 anos me chama no whats Onze nove cinco dois sete três meia dois quatro três

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 5 = ?

Se você gosta de ler contos eróticos o contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.

© 2020 - Contos adultos