website page counter
Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos adultos » Contos de incesto » ACABEI VIRANDO A PUTINHA DO MEU FILHO.

ACABEI VIRANDO A PUTINHA DO MEU FILHO.

Publicado em janeiro 1, 2024 por FANTASMA

Lendo alguns contos eróticos resolvi escrever sobre o que aconteceu entre eu e meu filho Thiago. Meu marido foi para o Uruguai trabalhar por um período curto, mas acabou ficando praticamente 2 anos. Mesmo ele mandando um bom dinheiro todo mês sentia falta da sua presença, apesar de depois de 17 anos de casados já não fazermos sexo com a frequência que eu gostaria. Minha companhia era nosso filho Fábio, 16 anos.  Fábio apesar da idade era bem mais alto e forte que seu pai. Com certeza puxou pelo lado da minha família onde os homens normalmente eram bem altos. Tínhamos uma vizinha viúva (+- 55 anos), que Fábio sempre estava na sua casa ajudando-a no que fosse preciso…

Somente depois de alguns acontecimentos é que fui desconfiar que a viúva foi quem ensinou tudo sobre sexo ao meu filho. Já estava sem meu marido a mais de 3 meses, quando os amigos do Thiago vieram me avisar que ele tinha se acidentado de bicicleta e estava no hospital onde teve que levar alguns pontos na perna. Desesperada corri pro hospital onde fiquei aliviada vendo-o sentado me esperando pra levá-lo pra casa. O próprio médico que o atendeu, me explicou tudo e me instruiu pra trocar todos os dias o curativo me dando uma receita do que deveria comprar. Já em casa começou a dilema: – O corte na perna onde levou 15 pontos era na coxa bem próxima a virilha, onde Thiago deveria usar apenas shorts largos…

O uso de cuecas faria o tecido ficar roçando na ferida. Em casa quando fui ajudá-lo a vestir um short, ele ficou apavorado quando expliquei que tinha que tirar a bermuda que estava usando e que estava bem suja de sangue, e que ele não conseguiria se trocar sozinho. Ele custou a concordar, e fechou os olhos quando comecei a tirar com todo cuidado a bermuda. Foi quando vi que meu filho tinha se tornado um bem-dotado desde a última vez que o vi pelado lá pelos seus 10 anos. Seu pinto inerte devia ter quase 15cm, e quando se viu livre começou a crescer e ficar duro.

– Desculpa mãe! É que… que… eu…

Eu olhando pra aquele membro enorme, que devia passar dos 20cm.

– Não se preocupe; sou sua mãe e você não precisa ficar com vergonha de mim.

Com muito custo consegui lhe vestir o short e usando minha mão tive que segurar seu pinto pra conseguir colocá-lo pra dentro do short… Mesmo assim ficou um volume enorme aparecendo onde tive que cobrir com um lençol. Sai do quarto até sem rumo pelo que tinha visto. Thiago acabou se conformando que ele dependia de mim até pra ir ao banheiro fazer suas necessidades, e quando chegou a hora do banho ele nem se importou de tirar suas roupas deixando-o completamente pelado, e nem ficou acanhado ficando novamente de pau duro na minha frente durante todo momento que o ajudei no banho. Apoiado nos meus ombros (pelado) voltamos pro seu quarto onde ele deitou com seu pinto apontando pro teto. Tirei o curativo molhado e fui limpando o corte pra colocar um novo. Sorri pra ele que parecia não se importar de estar excitado na minha frente.

– Caramba filho; não vai baixar isso não?…

 

– Não sei mãe… Só se conseguisse gozar!

– O quê?  Como assim?

– É mãe… Me masturbar, entende?

– Tá, entendi!…

– Mas só que não consigo fazer sozinho!…

– Ahn? Você está querendo que eu faça pra você?

– É mãe… me ajuda, vai!!!

Quando me dei conta estava segurando seu pinto, sentindo toda sua rigidez.

– Tá bom, mas ninguém vai poder ficar sabendo disso, combinado?

– Lógico né? Já não sou mais nenhuma criança!

Comecei a movimentar minha mão e ele gemer.

– Huuummmm! Huuummmmm! Que delícia mãe… Vai! Vai!…

Fiquei movimentando minha mão por vários minutos até ele praticamente se contorcendo na cama.

– Vou gozar mãe! Vooouuuuu goooozarrrrr!!!!

Rapidamente pequei a toalha pra aparar uma quantidade enorme de esperma que saiu do seu pinto. Ele ficou ofegante, e limpando seu pinto terminei o curativo saindo rapidamente do seu quarto deixando-o pelado sem colocar-lhe o short. Fui até o banheiro onde constatei que minha buceta estava tão encharcada que escorria pela minha perna. Resolvi tomar um banho rápido, e cada vez que passava o dedo na minha buceta parecia que levava um choque. Voltei no quarto dele quase uma hora depois encontrando-o do jeito que o deixei… Peladão. Fui me aproximando.

– Vamos colocar o short?

– Caramba mãe… foi muito gostoso o que você fez.

– Mas ninguém pode saber, heim?

Fiquei olhando-o ficando novamente de pau duro.

– De novo Thiago?…

– Você faz de novo, faz?…

– Tá bom seu safado, vou buscar uma toalha!…

Voltei e assim que comecei a movimentar a mão.

– Você bem que podia deixar ficar olhando pros seus peitos enquanto toca a punheta.

– Que isso? Você não acha que está indo longe demais?

– Desculpa mãe, é que te acho uma mulher muito bonita.

Realmente, nos meus 37 anos sabia que tinha um belo corpo ainda desejável: bunda grande, seios fartos e firmes, além de coxas grossas e bem torneadas.

– Tá, vou fazer isso pra te ajudar, ok?

Um pouco nervosa tirei a blusa e o sutiã deixando meus peitos livres. Ele olhando enquanto voltei a segurar seu pinto.

– São lindos mãe!…

– Quer colocar a mão nele, quer?

Rapidamente ele começou a apalpar alternando os peitos enquanto comecei a lhe punhetar. Fui reclinando.

– Quer chupar um pouco filho?

Thiago começou a mamar no meu peito e fui sentindo um fogo tomar conta do meu corpo e passei a desejar aquele pau dentro da minha buceta mesmo sendo do meu próprio filho. Soltei seu pinto e deixando chupar mais um pouco meus peitos.

– Quer fazer sexo com a mamãe, quer?

Ele parou de chupar meu peito e arregalando os olhos.

– Você vai deixar, vai?

– Vou! Mas tem que ser segredo absoluto, combinado?

Ele concordou, e pedindo pra ele ficar de olhos fechados rapidamente tirei minha bermuda e a calcinha, e totalmente nua fui indo ficar em pé sobre a cama com ele entre minhas pernas. Foi quando ele abriu os olhos vendo minha buceta bem na sua frente enquanto eu ia me abaixando, até ficar de joelhos e segurando seu pau encostei minha buceta na ponta e fui descendo engolindo aquele lindo, grande e grosso cacete.

– Ooooohhhhh! Você é a melhor mãe do mundo!…

– Vou fazer bem devagar pra não te machucar, tá bom?

Ele olhando minha buceta ir engolindo seu pau duro.

– Vai mãe, vai!!!! Ooooohhhhh que delíííííciaaaa….

Lentamente comecei a subir e descer sentindo um prazer que jamais tive fazendo sexo.

– Ooooooohhhh! Ooooohhhhh! Que gostoso filho! Aaaaahhhh! Aaaahhhhh!…

Depois de tanto tempo sem sexo acabei tendo um orgasmo muito rapidamente, mas ele me pediu pra continuar cavalgando no seu pinto. Tomei folego e voltei a subir e descer deslizando minha buceta no seu pau até ele começar a gritar que ia gozar. Dei mais algumas cavalgadas, e com todo cuidado sentei com seu pau todo dentro de mim.

– Vai filho, vai! Goza dentro da mamãe!…

Fui sentindo seu pau latejando e soltando tudo dentro da minha buceta. Passei a mão na toalha e fui saindo do seu pau aparando com a toalha pressionando-a no meio das minhas pernas. Somente depois que consegui colocar-lhe o short é que sai do quarto indo me lavar. No dia seguinte quando ele foi pro banho, eu mesma resolvi ficar nua e entrar com ele embaixo do chuveiro. Thiago voltou a chupar meus peitos e eu segurando seu pau duro.

– Quer enfiar de novo na mamãe, quer?

Virei de costas pra ele, reclinei um pouco o corpo me apoiando na parede com as duas mãos e logo fui sentindo encostando sua trolha na minha buceta.

– Vai filho, enfia tudo! Iiiiiissssso! Agora mete na mamãe, mete!

O safadinho ficou metendo por quase 5 minutos me fazendo novamente ter um delicioso orgasmo antes de encher minha buceta com seu gozo. Ainda na primeira semana, a viúva foi fazer uma visita ao meu filho, e de longe notei que ele a deixou puxar seu short pra olhar onde tinha sido o corte… Lógico que ela estava vendo seu pinto, só não consegui ver se ficou com ele duro… Foi quando desconfiei que aquela mulher mesmo sendo idosa andava fazendo sexo com meu filho. Com ele ficando totalmente curado da ferida, passou a querer fazer sexo comigo constantemente, e eu, adorando deixava ele me usar sempre que queria…

Muitas vezes mais de duas vezes no dia. Depois de várias vezes fazendo sexo com meu filho, estávamos pelados na sua cama quando ele após chupar meus peitos, subiu o rosto e encostou seus lábios no meu. Fiquei um pouco assustada, mas ele segurando meu rosto passou a me beijar com mais firmeza que acabei deixando… Meu filho estava me fazendo sentir uma adolescente ganhando o seu primeiro beijo. Mas assustada ainda, fiquei quando ele após dar mais algumas mamadas nos meus peitos foi descendo beijando minha barriga até chegar com a boca na minha buceta. Eu, apesar de saber, nunca tinha feito sexo oral na minha vida e fui aos poucos começando a curtir a língua do meu filho da minha buceta, e em poucos minutos estava gozando na boca do meu filho. Em poucos dias, além de eu mesma pedir pra ele chupar minha buceta comecei também a mamar no seu pau deixando gozar na minha boca e beber bastante do seu leitinho. Adorava me comportar como uma putinha do meu filho sentando e mamando no seu pau, até o dia que estava de quatro e ele ao invés de enfiar na minha buceta, passou a esfregar seu pau no meu rabo.

– Não Fábio; aí não!…

– Deixa mãe, você tem uma bunda muito gostosa!…

Quase que perguntei se ele fazia aquilo com a viúva, mas com medo dele ficar chateado acabei deixando, mas pedindo pra ele enfiar devagar pois nunca tinha deixado antes. Fábio enfiou primeiro na minha buceta dizendo que era pra deixar seu pau lubrificado, e após várias socadas ele tirou, encostou e foi empurrando no meu cu. No início doeu bastante, mas quando ele tinha enfiado um bom pedaço e começou a fazer movimentos de vai e vem fui me acostumando e sentindo um prazer estranho e muito gostoso, que quanto senti ele gozando dentro da minha bunda acabei também gozando sem nem encostar um dedo na minha buceta… Hoje adoro dar a bunda pro meu filho. Mesmo depois que meu marido voltou, eu e Fábio sempre que a gente tem uma oportunidade a gente aproveita o máximo possível… Sei também que meu filho continua frequentando a casa da viúva.

Leia outros Contos de incesto bem excitantes abaixo:

Ai Papai

UM SOGRO MUITO CARINHOSO

107093 views

Contos Eróticos relacionados

Depravações de um casamento V

Dentro de mais ou menos três horas a bela jovem Leilane estará se casando com Afonso, vice-prefeito da cidade de Serena. Ela está se maquiando com ajuda de Celena, ume bela mulher de amplos quadris...

LER CONTO

Será que engravidei do meu pai ?

Olá, me chamo Laura, tenho 18 anos , hoje vou escrever uma história que chegou até mim, de uma seguidora , consegui confirmar a veracidade da história, vou descrever todos os detalhes que ela...

LER CONTO

Arrombando A Filhinha

Arrombando A Filhinha

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Minha Vizinha e Puta?

Minha Vizinha e Puta?

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Será Que Entra Papai?

Será Que Entra Papai?

LER CONTO
  • Enviado por: Admin
  • ADS

Transei com o sogro e engravidei depois de viuva

Oi gente, minha primeira vez aqui, vim contar a vocês o dia que acabei transando com o pai do meu marido, infelizmente meu marido ja está em um lugar melhor, NÃO ME JULGUEM !!! Fiquei viuva aos 32...

LER CONTO

Virando puta de papai

Vou iniciar contando como fiz minha filha virar minha puta submissa e depois de todos que eu desejava da família. Me chamo Fernando tenho 50 anos minha filha Elaine 36 (fui pai bem cedo), mas a...

LER CONTO

Botei meu primo para mamar meu grelinho

Me chamo Lívia (nome fictício) e essa história é real, Eu tinha 16 anos 1,68, bunda grande empinada e peitos médios bem durinhos, meu primo tinha 20 anos na época, fui passa o final de semana...

LER CONTO

1 - Comentário(s)

  • Cleiton 19/02/2024 05:52

    É normal eu ejacular pensando na minha mamãe?

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 2 = ?
ContosAdultos.Club - O seu site de Contos Eróticos
Se você gosta de ler contos eróticos ou contos adultos é o site perfeito para você. Aqui você vai ler contos sexuais reais, e o melhor de tudo é que o site é atualizado diariamente.
© 2024 - Contos adultos